WEB RADIO RGA evangelico blog: Dezembro 2015

uol

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Pastor critica práticas místicas e supersticiosas adotadas por evangélicos no réveillon: “Bobagem”



Quando um ano termina, muitas pessoas se preparam para a chegada do novo ciclo com simpatias e outras superstições. E, apesar de o Evangelho ser completamente avesso a essas práticas, muitos cristãos – católicos e evangélicos – se apegam a rituais e mandingas.

Sobre isso, o pastor e escritor Renato Vargens publicou um artigo criticando as práticas supersticiosas, como usar peças de roupa amarelas para “atrair dinheiro”, ou comer lentilhas para o mesmo fim.

“Lamentavelmente os evangélicos são tão supersticiosos quanto aos não cristãos, isto porque, influenciados por uma fé mística e sincrética, têm sido tomados pelas mais variadas crendices populares. Há pouco soube de um evangélico que não admite entrar no ano novo sem que esteja vestido de branco, afinal de contas, branco é a cor da paz, isso sem falar naqueles vestem vermelho para encontra um amor e os que comem lentilhas para prosperar”, lamentou o pastor.

Vargens acrescenta que “o comportamento de alguns dos denominados evangélicos, cada vez mais se aproxima do comportamento daqueles que não confessam a Cristo como Senhor e Salvador”.

Whatsapp


Compartilhar

“Vamos combinar uma coisa? Isso não é cristianismo nem aqui nem na China. Ao ouvir as aberrações proferidas por esse povo chego à conclusão que suas mentes são de uma fertilidade fora do comum. Por favor alguém me diga de onde que esse pessoal tira tanta bobagem? Das Escrituras é que não são. Veja bem, nós não somos regidos por superstições, não temos medo de gato preto, nem tampouco de passar embaixo da escada; nós não acreditamos em mal olhado; olho gordo ou inveja santa”, frisou.

Em sua conclusão, o pastor recapitula os princípios basilares do servir a Deus: “Nossa fé está em Cristo e é nele que confiamos e em virtude disso não necessitamos comer lentilhas, vestir branco, ou fazer promessas, até porque, absolutamente nada pode acontecer de mal na vida daquele que serve ao Senhor sem que este permita […] Deixe a superstição, celebre a vida e um abençoado 2016”, encerrou.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Cipe Cacaueira realiza prisão e apreensão no bairro São Pedro



Policiais da Cipe Cacueira prenderam no último sábado (26) durante uma Operação no bairro São Pedro, em Itabuna, quatro elementos - três homens e uma mulher, acusados de envolvimento com o tráfico de drogas. Com eles a polícia apreendeu uma arma de fogo calibre 12, drogas do tipo cocaína, maconha e crack, uma balança de precisão, material para embalar drogas, um rádio de comunicação, além de munição de fuzil calibre 762. 
Dois dos elementos foram identificados como Dilean, e Kauã, suspeito da morte do taxista Valdomiro Mendes, assassinado na madrugada do último sábado em uma tentativa de assalto. Após ser ouvido, Kauã foi liberado.

A Polícia continua em diligências por toda a cidade, que, nos últimos dias, em especial, no feriado de Natal, teve um aumento no índice de violência. Só no final de semana foram registrados quatro homicídios em Itabuna.



A Polícia continua em diligências por toda a cidade, que, nos últimos dias, em especial, no feriado de Natal, teve um aumento no índice de violência. Só no final de semana foram registrados quatro homicídios em Itabuna.
Um vídeo divulgado através do whatsApp mostra os dois suspeitos de assassinar o taxista caminhando por volta das 23:52, minutos antes do taxista ser assassinado. Na filmagem um dos elementos está usando boné e camisa branca.

Quem tiver informações sobre os envolvidos no crime, pode entrar em contato com a polícia através do whatsApp (73) 9111- 7982 ou através do e-mail caercdenuncia@hotmail.com.

Grupo de 25 cristãos assírios é liberto após meses em cativeiro do Estado Islâmico na Síria



Um grupo de cristãos que era mantido refém pelo Estado Islâmico na Síria foi libertado na última sexta-feira, 25 de dezembro, Natal.

No total, 25 cristãos assírios foram soltos pelos extremistas islâmicos. Os dois homens, sete mulheres e 16 crianças, com idades entre dois e onze anos, estavam em cativeiro desde fevereiro.

De acordo com informações do Christian Today, a Igreja Assíria do Oriente se referiu à libertação dos fiéis como um “glorioso presente de Natal”.

O bispo da denominação e o presidente da agência missionária His Grace, Mar Afram Athneil, recepcionaram os recém-libertados após a conclusão das negociações.

“Neste dia santo que celebramos o nascimento do Nosso Senhor, elevamos a honra e o louvor a Deus, Todo-Poderoso por ter ouvido nossas orações e nos abençoado com este milagre de Natal”, disse a Igreja Assíria do Oriente em um comunicado.

Esses cristãos estavam em um grupo maior, com mais de 200 pessoas que foram sequestradas pelo Estado Islâmico em aldeias estabelecidas ao longo das margens do rio Khabour, no norte da Síria.

Recentemente, no final de novembro último, outros dez cristãos foram libertados após meses de negociação. Estima-se que, no total, aproximadamente 130 reféns já tenham conseguido recuperar sua liberdade.


“Nós continuamos a investir todos os nossos recursos e esforços durante esta temporada santa [Natal] para buscar a segurança e a liberdade de todos os reféns”, disse a Igreja no comunicado. “Nós não cessaremos até que eles sejam devolvidos às suas famílias”, acrescentou.

Sabe-se que ao menos três dos reféns foram executados pelos terroristas, em outubro, como forma de pressionar os familiares e autoridades a pagarem o resgate de US$ 100 mil exigido por cada um.

#DIP2016 - Cristãos lutam para sobreviver em Alepo

"Não há motivos para ficar aqui, a não ser pelo resgate de vidas"


A guerra civil da Síria mudou radicalmente a vida de dezenas de milhares de cristãos que viviam em Alepo. A maioria fugiu, mas alguns permaneceram. Um dos analistas da Portas Abertas encontrou-se com alguns deles e teve a oportunidade de ouvir sobre os detalhes.



"Eles relataram sobre as bombas que explodem constantemente, há cortes de água e ficam sem eletricidade durante vários dias. Muitos já perderam suas famílias e amigos durante os conflitos. A morte está sempre muito próxima deles. As únicas estatísticas confiáveis são as anteriores à guerra, quando havia cerca de 250 mil cristãos na cidade. Hoje em dia, estima-se que haja entre 30 e 40 mil apenas", conta o analista.



A Portas Abertas trabalha com várias igrejas de diferentes denominações em Alepo, apoiando centenas de famílias, através da entrega de alimentos, medicamentos e materiais de primeiros socorros. "Nós estamos aqui para dar reforço aos que restaram, porque a igreja não deve desaparecer desse país. Não há motivos para ficar aqui, a não ser pelo resgate de vidas. Que Deus nos ajude, porque nós não vamos desistir", conclui o analista.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Achado arqueológico reforça narrativa bíblica sobre a expulsão de legião de demônios por Jesus



Arqueólogos descobriram uma laje de mármore raro perto do Mar da Galiléia, e a divulgação de alguns detalhes apontam para o episódio em que Jesus expulsou uma legião de demônios de um homem que vivia entre os túmulos para uma manada de porcos.


A narrativa dessa passagem do ministério de Jesus está no capítulo 8 do evangelho de Lucas. A antiga laje, datada de 1.500 anos, foi encontrada no local onde acredita-se que tenha sido uma sinagoga de Kursi, e contém inscrições em hebraico que inclui frases como “lembradas para sempre” e “Amém”.


De acordo com informações do site Noticias Cristianas, a pesquisa e escavação foi conduzida pelo doutor Haim Cohen e pelo professor Michal Artzy, da Universidade de Haifa, em cooperação com a Autoridade de Antiguidades de Israel e a Autoridade de Parques e Natureza.


Cohen afirmou que a descoberta é a prova de que havia um assentamento judeu ou cristão naquele sítio arqueológico: “A presença de um sítio judaico na costa oriental do Mar da Galiléia, é um fenômeno muito raro. Até agora não tínhamos nenhuma prova de que os assentamentos judaicos existiram durante este período ao longo da costa oriental do Mar da Galiléia”, disse.


O professor Artzy considera a descoberta um achado raro e fascinante. “A dedicação é composto por oito linhas, o que é muito detalhada e expansiva. Na maioria dos casos há muitas palavras em letras hebraicas gravadas na pedra, de modo que a pessoa a quem foi dedicado o registro deve ter tido uma enorme influência sobre a população local”, afirmou.





Whatsapp








Compartilhar


“Não há paralelo por tais achados arqueológicos em Israel tão detalhados até a data pesquisada”, acrescentou.


O achado, enfim, aponta para o ato de exorcismo feito por Jesus porque corrobora a narrativa de que havia judeus naquela região há milênios atrás. Os pesquisadores há muito acreditam que Kursi poderia ter sido o “país dos gadarenos”, a região costeira que é mencionada nas Escrituras.

Igreja oferece ceia de natal luxuosa para moradores de rua


.Igreja oferece ceia de natal luxuosa para moradores de rua  



Cerca de 90 moradores de rua e andarilhos foram convidados a participar na noite desta segunda (21) de uma ceia natalina de luxo em Vitória da Conquista (BA). Além da mesa farta, ocorreram apresentações musicais.

O cardápio incluía o tradicional chester, pernil, arroz à grega, farofa de banana da terra, prato de frios e frutas frescas, além de sobremesa (mousse de maracujá). A música ambiente ficou a cargo de um saxofonista.

Além disso, os convidados tiveram direito a banho quente antes do evento e ganharam diversos presentes (sobretudo roupas e calçados) além de material de higiene pessoal.

Promovido pela Igreja Batista da Cidade, o evento foi realizado numa casa de eventos onde ocorrem as festas mais badaladas da elite local.

Durante parte do jantar, uma banda tocava sucessos da música gospel, como “Faz um milagre em mim”, de Regis Danese. O conhecido refrão “Entra na minha casa, entra na minha vida” foi acompanhado por muitos convidados. Eles também viram uma teatral sobre a vida de Jesus Cristo.

Cerca de 250 pessoas trabalhavam para servir e recepcionar os convidados, que incluía idosos do abrigo Casa Lar Terceira Idade. Muitos disseram que essa era a primeira vez que participavam de algo semelhante.

O casal de andarilhos Thiago Ramos Correia e Samantha dos Santos, ambos de 27 anos, estão de passagem pela cidade, e contam que estavam dormindo na praça quando foram convidados por membros da igreja. “Já passei por vários locais do Brasil e nunca vi algo igual”, relatou Thiago.

“Para nós é muito bom estar aqui, pois conhecemos mais as pessoas e mostramos também que não somos bicho do mato. Só temos nosso estilo de vida, que é diferente do da maioria”, acrescenta Samatha.
Simplicidade do Natal

O evento foi batizado pela igreja de “A simplicidade do Natal” e custou R$ 22 mil. “Tudo fruto de doação”, informou o médico Gleydson Cerqueira, que coordenou tudo. “Até o aluguel da casa de eventos, que custa R$ 10 mil, sem o bufê, nos foi doado. Contamos com a ajuda de ao menos cem pessoas, entre membros da igreja e empresários que se sensibilizaram com a nossa causa”, enfatiza.

O pastor da Igreja Batista da Cidade, Sinvaldo Queiroz, explicou que eles fazem diversas atividades com foco social durante o ano, atendendo a 353 crianças com material escolar e calçados, e assistência a 400 pessoas por semana em hospitais públicos.

“A intenção deste jantar é atender públicos que geralmente são invisíveis para a sociedade”, disse Queiroz. Em 2014 fizeram um evento parecido, convidando garotas de programa. Questionado por que fazer algo luxuoso, resumiu: “No reino de Deus ninguém recebe tão pouco que não possa repartir”.Com informações UOL

Que o Natal seja de paz e amor para todas as famílias iltabunenses!

Posted by Prefeitura de Itabuna on Quinta, 24 de dezembro de 2015

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Casal é preso ao dar “testemunho” de homicídios em igreja



Casal é preso ao dar “testemunho” de homicídios em igreja
Eles são acusados de participarem do assassinato de um homem morto em agosto deste ano

Um casal testemunhava seu passado de drogas e crimes em uma igreja evangélica e Manaus (AM) quando foram presos por policiais disfarçados que já tinham a informação de que Raissam de Souza Miranda, 19, e a mulher dele Denize Araújo Cândido, 23, grávida de três meses, estavam na igreja.

No testemunho eles afirmavam que já haviam participado de vários homicídios, Miranda chegou a dizer que a primeira vez que praticou um assassinato ele tinha apenas 10 anos.

O casal é suspeito de participar da morte do protético dentário Ildo Lopes da Silva, 53, que foi assassinado em agosto deste ano e encontrado com sinas de tortura pelo corpo.

“Nossos policiais receberam uma informação que o casal estava participando de um culto. Os investigadores foram até a igreja, se passaram por fiéis e prenderam Raissam e Denize com o mandado de prisão”, disse o delegado Ivo Martins.

Os dois suspeitos não agiam sozinhos, por isso a polícia busca informações do primo de Raissam, José Bento da Rocha Neto, 18, que está foragido e dois adolescentes que também participaram do assassinato do protético dentário.

Raissam confessou que estava junto com a quadrilha que matou Ildo Lopes, mas disse apenas que amarrou com fios elétricos. “Quando eu sai de lá ele ainda estava vivo. Eu tinha usado cocaína, maconha e ‘loló’. Não roubamos nada dele. A primeira vez que matei tinha 10 anos”, disse o criminoso.

Denize afirmou que ficou fora de casa naquele dia porque estava passando mal por conta das drogas.

“Descobrimos na igreja, que Raissam participou de um homicídio em 2006, ainda estamos fazendo levantamentos das outras mortes que ele participou aqui na capital”, afirmou Martins.

Raissam e Denize foram indiciados por homicídio qualificado, o delegado explicou que não configurou latrocínio porque os suspeitos foram ao local com a intenção de matar o protético e só depois roubá-lo.

Após serem apresentados na delegacia para prestar depoimento, Raissam foi encaminhado a Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro, em Manaus, e Denize ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), no quilômetro 8, da Rodovia BR-174. Com informações D24am