WEB RADIO RGA evangelico blog: Pastor Pat Robertson diz que “gays estão a caminho da morte” por não se reproduzirem; Assista

uol

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

Pastor Pat Robertson diz que “gays estão a caminho da morte” por não se reproduzirem; Assista

O pastor Pat Robertson previu em seu programa de TV que os homossexuais serão extintos após sua morte, pois eles não se reproduzem.

Segundo o polêmico televangelista, gays e lésbicas estão a “caminho da morte” porque é necessário “relações sexuais heterossexuais” para que a raça humana sobreviva.

As afirmações foram feitas quando Robertson respondia as dúvidas de uma telespectadora que queria saber sua opinião a respeito da proibição do namoro na igreja em que ela frequenta.

“Eu tenho frequentado a igreja com minha família durante toda minha vida, e nós não somos autorizados a namorar. Na minha igreja, somente é permitido o casamento para aqueles que se conheceram e se relacionavam antes da conversão. Lá, é tratado como pecado demonstrar interesse ou ter um interesse mútuo com o sexo oposto. A maioria das pessoas na igreja está frustrada porque estamos ficando mais velhos e ninguém vai se casar”, lamentou a telespectadora.

O pastor tratou o caso como absurdo e aproveitou o gancho para, mais uma vez, criticar a prática homossexual: “Você sabe que aqueles que são homossexuais vão morrer, porque eles não se reproduzem. Você tem que ter relações sexuais heterossexuais para se reproduzir. A mesma coisa com essa igreja. Ela está condenada, vai morrer, porque é a coisa mais absurda que eu já ouvi em muito tempo. Isso é um absurdo. Deus nos fez para a família. Deus criou um desejo de homens e mulheres a ter atração pelo sexo oposto, de modo que eles vão reproduzir e ter filhos”, disse Robertson.

Na sequência, ele orientou a telespectadora a procurar uma igreja que não impeça os relacionamentos: “Se eu fosse você, eu sairia dessa igreja o mais rápido possível, sacudia a poeira dos pés e correria”.
Assista (em inglês):

Nenhum comentário:

Postar um comentário