WEB RADIO RGA evangelico blog: Pastor Pat Robertson diz que dirigir acima do limite de velocidade não é pecado para Deus

uol

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Pastor Pat Robertson diz que dirigir acima do limite de velocidade não é pecado para Deus



O pastor Pat Robertson voltou a dar MAIS uma de suas declarações polêmicas ao dizer que dirigir acima do limite de velocidade pode ser considerado uma infração de trânsito sob as leis humanas, mas que na lei de Deus, isso é totalmente LEGAL, desde que você não faça mal a ninguém.

A afirmação foi feita durante seu programa de televisão, em resposta a uma telespectadora que escreveu perguntando se era pecado ter um pouco MAIS de pressa no trânsito.

“Pat, é um pecado dirigir constantemente acima do limite de velocidade? O meu marido insiste em excesso de velocidade, mesmo quando ele não está atrasado”, questionou a telespectadora, identificada como Nora. “Nos últimos dois anos, ele tomou quatro multas por alta velocidade e nosso SEGURO subiu. Ele não sente que Deus se importa se ele acelerar. O que você acha?”, acrescentou.

A resposta do PASTOR pode não ter ajudado Nora a conseguir convencer o marido a andar MAIS devagar. Robertson disse que ele é um motorista que gosta de acelerar, e costumava dirigir um Corvette de 450 cavalos de potência, e agora, dirige um ainda MAIS potente, com 650 cavalos.

“É um pecado? Eu acho que é um pecado se machucar alguém. Eu acho que é um pecado para dirigir de forma imprudente”, disse Robertson.”Eu vejo estes palhaços tentando ser rápidos no meio do tráfego pesado. Quando eu dirijo na cidade, eu dirijo muito lentamente – a minha esposa está sempre dizendo: ‘Vá mais rápido’”, disse o pastor.

Robertson disse que se preocupa com o efeito que sua forma de dirigir pode ter sobre terceiros: “Se a sua condução põe em perigo outras pessoas, você está pecando, não há nenhuma dúvida sobre isso. Mas, em um trecho de estrada aberta, você vai ao TEXAS, acho que algumas áreas não há limite de velocidade”, ilustrou.

Perguntado se poderiam ser parados por policiais, o pastor brincou: “Eles não vão nos pegar. Nós estamos em uma missão de Deus”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário